Cirurgia do aparelho digestivo: qual médico realiza?

Cirurgia do aparelho digestivo

A cirurgia do aparelho digestivo é a especialidade médica que cuida do sistema digestivo, isso inclui esôfago, estômago, vesícula biliar, pâncreas, fígado, intestino delgado, cólon, reto e ânus. 

O cirurgião, antes de se especializar nesta área, ele faz dois anos em de residência médica em cirurgia geral, antes de se especializar. Sendo assim, os profissionais especializados nessa área, denominados de gastrocirurgiões, também são aptos a realizar procedimentos cirúrgicos comuns ao cirurgião geral como hérnias da parede abdominal. 

As principais cirurgias do aparelho digestivo

As cirurgias do aparelho digestivo podem ser realizadas de três maneiras: por laparotomia, com cortes no abdômen e manuseio de visão direta; laparoscopia, através de pequenos cortes, visualização por microcâmera e manuseio por pinças ou por via robótica que também é feita por meio de pequenos cortes, visualização em 3-D e instrumentos com movimentos semelhantes aos da mão. 

As cirurgias mais comuns realizadas pelo cirurgião do aparelho digestivo são: 

  • Colecistectomia por videolaparoscopia: cirurgia para retirada da vesícula biliar
  • Cirurgia do refluxo: correção de hérnia de hiato para curar o refluxo e acabar com os sintomas de desconforto como dor de estômago e azia;
  • Colectomia: operação para retirada parcial ou total o cólon;
  • Gastrectomia parcial ou total: técnica cirúrgica em que é retirado parte do estômago ou todo o estômago;
  • Apendicectomia por videolaparoscopia: cirurgia para retirada do apêndice cecal;
  • Herniorrafia ou hernioplastia: correção cirúrgica das hérnias da parede abdominal, com ou sem tela;
  • Hemorroidectomia: cirurgia para tratamento de hemorróidas;
  • Fissurectomia e fistulectomia anal: cirurgia para tratamento de fissura e fístula anal;

O Dr. Marcel Autran tem como principal área de atuação as cirurgias de pâncreas, fígado e de vias biliares. Falaremos mais sobre esses dois procedimentos a seguir.

Cirurgias de pâncreas

Hoje em dia existem dois tipos de cirurgia utilizados para o câncer de pâncreas:

  • Cirurgia potencialmente curativa: quando é possível remover todo o tumor;
  • Cirurgia paliativa: quando a doença está disseminada e serve para aliviar os sintomas da doença ou prevenir determinadas complicações, como um ducto biliar bloqueado ou obstrução intestinal.

Somente um profissional especializado é capaz de determinar o melhor tipo de cirurgia a ser realizado. Para isso é importante que ele saiba a extensão do tumor, qual o estadiamento da doença (se ele pode ser retirado ou não) e o que pode ser feito através de técnicas minimamente invasivas (laparoscopia ou cirurgia robótica).

Cirurgias de fígado

Hoje em dia existem diversos tipos de cirurgia sobre o fígado, sendo as mais comuns:

  • Cirurgia da metástase hepática (geralmente de origem coloretal)
  • Cirurgia do tumor primário do fígado, carcinoma hepatocelular (hepatocarcinoma) ou colangiocarcinoma 
  • Cirurgia de tumores benignos ou pré-malignos (adenoma hepático, litíase intra-hepática etc)

Hoje a maioria destes procedimentos pode ser realizada por via minimamente invasiva, laparoscopia ou cirurgia robótica.

Cirurgia biliar

Cirurgia biliar inclui a cirurgia sobre a vesícula e sobre as vias biliares.

A colecistectomia, a cirurgia para retirar a vesícula biliar é indicada quando são identificadas pedras na vesícula após a realização de exames de imagem como ultra-sonografia.Trata-se de procedimento muito comum e quase sempre realizado por laparoscopia.

Procedimentos sobre as vias biliares são mais complexos e geralmente são necessários em casos de trauma ou lesão inadvertida das vias biliares ou para o tratamento de tumores desta região.

Se você tem dúvida sobre as cirurgias do aparelho digestivo ou deseja uma consulta com um especialista, entre em contato conosco!

Artigo escrito pelo Dr. Marcel Autran

Especialista em Cirurgia do Aparelho Digestivo, Cirurgia Robótica e tratamento de câncer de fígado, vias biliares e pâncreas